top of page

PARÓDIAS

A música tem sido utilizada em diversos segmentos para facilitação dos estudos, auxiliando no processo de memorização, tornando o aprendizado mais leve e dinâmico. Através do "Jeito Legal de Estudar Direito", o Professor Sandro Caldeira, criou paródias de músicas conhecidas da grande população, adaptando-as para temas jurídicos de direito penal de grande relevância no mundo do Direito, com o objetivo de auxiliar os estudantes em seus estudos de forma totalmente gratuita!

Sejam bem vindos e bons estudos!

 

Professor Sandro Caldeira
Um jeito legal de estudar Direito.

teste
04:38
Felizes Dolo e Culpa - Sandro Caldeira
03:00
Sandro Caldeira

Felizes Dolo e Culpa - Sandro Caldeira

Versão: Sandro Caldeira Obra Original: Happy Compositor: Pharrell Williams Preste atenção no que eu vou dizer, O dolo é a regra você pode crer, Tenho dolo direto e eventual, Num eu quero e no outro eu assumo o risco, do resultado Bate palma se está feliz relaxa a gora que rola um bis (esse é o crime doloso) Bate palma se está feliz, essa música é pra você (esse é o crime doloso) Bate palma se está feliz, dessa vez você vai aprender (esse é o crime doloso) Bate palma se está feliz, essa música é pra você . Agora o papo é outro, preste atenção O tema agora é culpa que é exceção, Se eu sou imprudente, negligente ou imperito, e acaba acontecendo um resultado não querido, nem com risco assumido Bate palma se está feliz relaxa a gora que rola um bis (esse é o crime culposo) Bate palma se está feliz, essa música é pra você (esse é o crime culposo) Bate palma se está feliz, dessa vez você vai aprender ( esse é o crime culposo) Bate palma se está feliz, essa música é pra você . Vamos lá: crimes que não admitem forma culposa: O estupro não tenho culposo, e o aborto eu não tenho não! O dano culposo também não existe. Então se liga preste atenção (2x) Deu pra pegar? Esse são pra lembrar ( esse é o dolo e culpa) Bate palma se está feliz relaxa a gora que rola um bis (esse é O DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz, essa música é pra você (esse é o DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz, dessa vez você vai aprender (esse é o DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz relaxa a gora que rola um bis (esse é o DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz...eh...(esse é o DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz, dessa vez você vai aprender (esse é o DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz relaxa a gora que rola um bis (esse é o DOLO E CULPA) Bate palma se está feliz, essa música é pra você. www.sandrocaldeira.com
Escusas Absolutórias no ritmo de "Loka"(Simone & Simaria) - Marlon Ricardo
05:33
Criminalistas de Sucesso

Escusas Absolutórias no ritmo de "Loka"(Simone & Simaria) - Marlon Ricardo

Quer um cronograma de 90 dias de estudos para o Exame da OAB? Quer os temas mais cobrados com links para videoaulas gratuitas no Youtube? Tudo isso no link Quer um cronograma de 90 dias de estudos para ser aprovado no Exame da OAB? Um método que funciona? Clique https://go.hotmart.com/I10856880T Faça o download do Ebook - "Como crescer na advocacia criminal" - http://criminalistasdesucesso.com.br/ebook-criminalistas-de-sucesso Acesse: http://www.marlonricardo.com.br Siga http://fb.com/profmarlon Ouça: https://soundcloud.com/marlonric Curta http://fb.com/penalelegal Paródia abordando as Escusas Absolutórias nos Crimes contra o Patrimônio com base na música "Loka" (Simone e Simaria). COMPARTILHE com seus amigos. Licença: Lei 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais) Art. 47. São livres as paráfrases e paródias que não forem verdadeiras reproduções da obra originária nem lhe implicarem descrédito. Letra: Cadê você? Acha que ninguém viu? Você pegou, do nada sumiu O Dinheirinho que estava guardado Na bolsa do pai, em cima do armário Mas atenção, não tem pena não Porque tem escusa absolutória Falamos de crime contra o patrimônio Do título 2 do Código Penal Quando eles são praticados Contra ascendente ou também descendente Seja o parentesco legítimo ou ilegítimo Seja ele civil, também vale para o natural Vale também quando é contra o cônjuge Mas só na constância da sociedade E está no cento e oitenta e um Mas tome cuidado com uma coisa Percebam que não falei de irmão Porque a regra dele é diferente Ela está no 182... 1... 82 E muda o tipo de ação para condicionada E só com representação pode ter ação Essa é a condição para prosseguir Veja você, quando é contra o irmão Independente de ser ilegítimo Ou contra cônjuge se desquitado Ou mesmo o judicialmente separado Cuidado também... se é contra o tio Ou pode ser contra aquele seu sobrinho Mas atenção... se é tio ou sobrinho Só vale se tiver coabitação Nestes casos a ação Só se procede mediante a presença De representação... esta é a condição Esta é a regra que esta no artigo Agora tem aquela exceção Que vale nos dois artigos citados Pois as escusas não se aplicam Quando o crime é roubo ou extorsão Ou qualquer que seja o crime Com grave ameaça ou violência Elas também não se aplicam Ao estranho que participa do crime A relação não se comunica Porque é uma circunstância subjetiva Ou se o crime é praticado contra pessoa Com idade igual ou superior a 60 anos E estas duas exceções estão escritas No art. 183 e eu não vou mais esquecer

DIREITO 4.O

Prof. Freire

bottom of page